Buscar: Newsletter:

Golpe

Superpedalador Anastasia condena Dilma por causa das pedaladas

DO BAHIA TODO DIA 02/08/2016 | 14h00

O campeão nacional de pedaladas fiscais, o ex-governador de Minas Gerais e atual senador Antonio Anastasia (PSDB), apresentou seu relatório sobre o impeachment da presidenta Dilma Rousseff, defendendo a cassação do seu mandato. Cínico e envergonhando o Senado, o comandado de Aécio Neves acusou a petista de ter criminosamente cometido o mesmo artifício contábil que ele se notabilizou em praticar em todos os anos que governou seu estado.

O Brasil dos dias atuais é assim, uma república de políticos sem vergonha, desfaçatez ou respeito às mínimas regras democráticas e às leis. O relatório de Anastasia é uma peça que entrará para a história como uma piada de letras e páginas. Não servirá como referência a nada importante e nem leitura ensejará quando a história condená-lo como golpista sem escrúpulos.

Os técnicos do Senado que analisaram a denúncia contra Dilma não quiseram manchar suas carreiras de servidores públicos. Simplesmente disseram que não houve pedalada fiscal. Tampouco serviu ao superpedalador o fato de que o atual presidente, que seu partido, o PSDB, apoia, também assinou, quando interino, os mesmos decretos que Dilma assinou e que nem incômodo está sofrendo. Nenhum fato concreto interessa porque a decisão de Antonio Anastasia, o relator, já havia sido tomada quando ele foi indicado ao cargo pelo tucanato. 

Além de campeão das pedaladas que ele usa para pedir punição a Dilma, Anastasia entra para a história pela nulidade no papel de senador. Pobre Minas, outrora berço de grandes políticos, hoje parideira de fantoches e hipócritas da política.



Bahiatododia - o site da notícia - © Copyright 2011 a 2016 | Todos os direitos reservados.