Buscar: Newsletter:

Brasil

Regularizar bingos e jogos de azar é mais uma temeridade golpista

DO BAHIA TODO DIA 06/07/2016 | 11h13

O ex-senador Demóstenes Torres, do DEM de Goiás, que teve o mandato casado após virem à tona as relações com seu comparsa, o bicheiro Carlinhos Cachoeira, não poderia imaginar que alguns anos após sair de cena, um projeto de seu interesse, a legalização de bingos e jogos de azar, entraria na ordem do dia do Congresso, tendo o apoio nos bastidores do próprio presidente da República.

A  medida, que legalizaria, por exemplo, o jogo do bicho, é um sonho antigo de contraventores, traficantes, corruptos e todas as espécies, que ganham dinheiro de forma ilegal e buscam uma forma legal de lavar estes ganhos. Deputados e senadores ligados ao governo golpista de Michel Temer trabalham incessantemente para verem o projeto passar em Brasília.

Nas contas do governo, a liberação de cassinos e regularização de bingos e caça-níqueis, entre outros pontos, renderia à União uma receita anual de R$ 15 bilhões.

O golpista Temer, usurpador da cadeira presidencial, já trabalhou com os contraventores pela regularização dos jogos, nomeando inclusive um asessor do seu gabinete, quando era deputado, para trabalhar essa matéria junto a Abrabin (Associação Brasileira do s Bingos). Em 2012, o PMDB por ele presidido, atuou decisamente para que o empresário Fernando Cavendish, sócio oculto do bicheiro Carlisnhos Cachoeira, não fosse convocado na CPI que investigou os bingos na Câmara e no Senado. 

Como em política nada que se faz é de graça, resta saber o que Temer ganhou e ganhará apoiando a legalização da contravenção. 



Bahiatododia - o site da notícia - © Copyright 2011 a 2016 | Todos os direitos reservados.