Buscar: Newsletter:

Comunicação

Áudio mostra juiz orientando processos contra jornalistas

DO BAHIA TODO DIA 10/06/2016 | 12h45

Áudio divulgado pelo site BuzzFeed e atribuído ao presidente da Associação de Magistrados do Paraná, Frederico Mendes Junior, mostra o juiz expondo uma estratégia que disponibilizaria "modelo de ação individual, feito a muitas mãos" para processar jornalistas do Paraná que revelaram, por meio de reportagens, salários de juízes acima do teto constitucional.

Em fevereiro deste ano, o jornal “Gazeta do Povo” publicou uma série de reportagens afirmando que alguns juízes do Paraná haviam recebido “supersalários” e teve uma imensa repercussão. Segundo o jornal, o limite de salário bruto de um magistrado da Justiça estadual era de R$ 30.471,10 por mês - ou R$ 411,3 mil por ano (incluindo férias e 13º). Mas, em 2015, eles receberam, em média, R$ 527,5 mil (28% acima do teto). A reportagem também mostrou que cada membro do Ministério Público do Estado do Paraná recebeu, em média, R$ 507 mil (23% a mais).

Leia a reportagem completa aqui

À publicação se seguiram diversos processos judiciais, apresentados em dezenas de cidades diferentes do Paraná, ações com argumentos idênticos e pedindo indenizações em valores iguais. A intenção foi criar problemas ao jornal e aos jornalistas, que precisam se deslocar por todo o estado, além de contratar ummaior  aparato jurídico para poderem se defender.

O áudio vazado do juiz mostra apenas o que é a nossa justiça, formada por uma ditadura da toga, com  magistrados fazendo o que bem entendem, à revelia da lei e de acordo com suas conveniências e preferências pessoais, políticas, religiosas e ideológicas.  

Triste país. 



Bahiatododia - o site da notícia - © Copyright 2011 a 2016 | Todos os direitos reservados.