Buscar: Newsletter:

Política

Imprensa faz de tudo, mas Temer tem apenas 11,3% de aprovação

DO BAHIA TODO DIA 08/06/2016 | 15h16

A grande imprensa, em especial os veículos das quatro famílias – Marinho, Mesquita, Civita e Frias -, tem tentado de tudo para dar um fôlego a Michel Temer. Fazem manipulação da informação, deformam números e dados, mentem descaradamente, isolam o grão golpista dos escândalos que pipocam com seus homens de confiança. Não tem jeito, na primeira pesquisa de intenção de votos divulgada após o golpe, feita pela CNT/MDA, o usurpador aparece com apenas 11,3% de aprovação da população. 

Está explicado porque os institutos de pesquisa pararam de divulgar as sondagens, que eram publicadas com intervalos de três semanas entre uma e outra e agora simplesmente desapareceram. Ibope e Datafolha, por exemplo, se fizeram pesquisa, trataram de esconder. Seus números não devem ser diferentes do que traz a pesquisa encomendada ao Instituto MDA pela Confederação Nacional dos Transportes (CNT) e divulgada nesta quarta (08). 

Por mais que a mídia amiga do golpista tente passar a ideia que o índice de Temer é semelhante ao que tinha Dilma antes de ser golpeada, a realidade é que o humor da população com o governo ilegítimo é ruim. Registre-se, a presidenta era diariamente sabotada pela grande imprensa, que só apresentava à sociedade notícias negativas sobre ela e seu governo. Um comportamento totalmente diverso do que se assiste neste momento em relação ao conspirador, poupado de desgastes mesmo quando ministros de sua íntima relação são apanhados em grampos comprometedores. 

O resultado da pesquisa CNT/MDA é uma pancada impiedosa em Temer, ainda mais porque na pergunta sobre intenções de votos para a eleição, Lula liderá, com 22%. Some-se à sondagem o jantar de 30 senadores, que na noite desta terça (07) defenderam a realização de eleições presidenciais ainda em 2016.

Agora pegue um estado como Santa Catarina, onde Dilma perdeu as eleições em 2014. Na capital, Florianópolis, o tucano Aécio obteve 66% dos votos. Pesquisa feita pela TV Record no estado detectou que 68% dos entrevistados disseram não ter confiança no interino. E olhe que 54% dos que responderam disseram ter apoiado o impeachment da presidenta.

Sim, o governo golpista só começou, mas já acabou. 



Bahiatododia - o site da notícia - © Copyright 2011 a 2016 | Todos os direitos reservados.