Buscar: Newsletter:

Comunicação

Intervenção na EBC enterra falácia da liberdade de imprensa

DO BAHIA TODO DIA 16/05/2016 | 08h00

O Diário Oficial desta segunda (16) traz a demissão do presidente da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Ricardo Mello. Eleito, ele não poderia ser afastado, conforme sustenta, em nota, o Conselho Curador do órgão. Mas a dispensa será feita assim mesmo, por cima ou não da lei, porque o golpista Michel Temer acha que a TV Brasil lhe fez críticas.

Na nota divulgada na sexta (13), assim que surgiu a notícia na imprensa da demissão de Mello, o Conselho Curador diz que "a EBC é dotada de dispositivos legais presentes no artigo 19 da Lei11652/08 que conferem mandato ao seu Diretor-Presidente que, uma vez nomeado, não pode ser destituído a não ser por vontade própria do mandatário ou grave desrespeito aos ditames legais que regem suas funções e responsabilidades, e só por deliberação do Conselho Curador".

O texto diz ainda que a EBC não é a NBR, emissora de divulgação das atividades governamentais sob gestão direta da Presidência da República e contratante da EBC para atividades específicas, o que pode estar na origem dos equívocos. O Conselho Curador conclui dizendo que "os cargos de Diretor-Presidente e Diretor-Geral da EBC estão ocupados, respectivamente, pelos jornalistas Ricardo Melo e Pedro Varoni, no pleno exercício de suas funções, não havendo portanto amparo legal para substituições extemporâneas".

Durante anos a mídia brasileira, safada e tão golpista quanto Michel Temer, sustentou que o PT queria acabar com a liberdade de imprensa. Na verdade, nem uma coisa nem outra. Nunca houve tentativa de intervir na livre manifestação de veículos de comunicação, assim como acabar com a liberdade de imprensa, porque essa nunca existiu no Brasil. O que sempre existiu foi a imposição da notícia conforme interesse dos donos dos veículos, sem  qualquer compromisso com a verdade e com a sociedade.

A intervenção na EBC mata um dos pilares do movimento golpista que derrubou Dilma Rousseff. 



Bahiatododia - o site da notícia - © Copyright 2011 a 2016 | Todos os direitos reservados.