Buscar: Newsletter:

Comunicação

Globo pagou palestra de Lula, que seu colunista insinuou suspeita

DO BAHIA TODO DIA | 19/08/2015 | 16h10

O colunista de economia do Jornal da Globo, Carlos Alberto Sardenberg, usou seu espaço no jornal O Globo para criticar as palestras proferidas pelo ex-presidente Lula. Usou as seguintes palavras:

"A mesma questão ética e política se aplica a Lula. Não é apenas o ex-presidente, mas o líder de um partido que permanece no governo, sobre o qual ele exerce notória influência. Além disso, o contratante conhecido neste caso, a Camargo Corrêa, tem notórios interesses neste governo e na sua política. E fez doações ao PT e ao Instituto Lula. É por isso que não bastam os contratos e as notas fiscais dadas pela empresa LILS contra os pagamentos da empreiteira. Ok, foram pagamentos formais e legais, mas: para quem foram as palestras? Onde? Quem mais patrocinou? Governos? Empresas? Quais? Em quais circunstâncias?".

Nesta terça (18), o Instituto Lula divulgou a lista de palestras pagas feitas pelo ex-presidente. E apareceu na lista, exatamente, as Organizações Globo, através da InfoGlobo. Ou seja, o patrão de Sardenberg, em cujas páginas ele escreveu a pérola acima, é uma das empresas patrocinadoras do que ele insinua ser prática antiética junto ao estado brasileiro. 

Vá lá que Carlos Alberto Sardenberg não é exemplo de pessoa que deva se levar a sério. Foi ele autor de outra pérola, ainda mais impressionante. De sua boca, na rádio CBN, saiu a afirmação que a crise na Grécia foi consequência de uma conversa que o primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, teve com Lula e Dilma. Segundo esta mente abençoada, em 2012, quando esteve no Brasil, o grego teria ouvido dos dois brasileiros para não adotar a austeridade fiscal. 

Porém, quando levanta suspeita como essa, Sardenberg quer dizer, para bom entendedor, que a InfoGlobo pagou palestra de Lula porque tinha interesses junto ao governo. Ele precisa vir a público agora dizer quais interesses são esses. Se é verdade o que fala, da mesma forma que é suspeito empreiteiras pagarem palestras, seu patrão também está sob suspeita. 

Por fim, nem é preciso dizer que todas as empresas que pagam palestras a Lula, pagam a FHC e a outros tucanos, opositores do PT. Por exemplo, Aécio Neves, teve palestra paga em Nova Iorque, dois dias após seu casamento, pelo BTG Pactual. O banco está na relação dos que contrataram Lula. Mas as palestras de um merecem mais destaque na mídia brasileira que as palestras de outros. 



Bahiatododia - o site da notícia - © Copyright 2011 a 2016 | Todos os direitos reservados.